» » » » » » PT pode ser a saída para Ricardo da Karol e Alexandre Cardoso

Os dois sonham em ser candidatos pelo PMDB, mas o espaço ficou apertado para ambos
POLÍTICA- No processo de esvaziamento combinado do PSB do Rio em 2013, o prefeito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso, deixou a legenda com o pensamento de disputar a reeleição pelo PMDB. Com ele saíram quatro deputados estaduais e o suplente Ricardo Corrêa de Barros, o Ricardo da Karol, que ingressaram diretamente no PMDB, enquanto Cardoso ficou sem partido e assim permanece até hoje. Ricardo ouviu de Alexandre que a saída seria uma boa, pois teria ajuda suficiente para se eleger deputado em 2014 e legenda garantida para concorrer a prefeito de Magé em 2016. Só esqueceram de combinar isso com os eleitores e com quem realmente tem cacife no PMDB: Karol ficou como nono suplente de deputado estadual, está sem espaço no partido e Cardoso não é nenhuma ameaça para o deputado federal Washington Reis dentro do PMDB. Dessa forma lhes resta buscar abrigo em outra legenda e, ao que tudo indica, o caminho será o PT.
"Quando foi para o PMDB Alexandre Cardoso achava que o deputado Washington Reis não conseguiria ser candidato a reeleição no ano passado e por problemas jurídicos também ficaria de fora de uma eventual disputa em 2016. O fato é que Washington se reelegeu muito bem e hoje não há nada que lhe peça de ser candidato a prefeito em 2016, o que não dá outra escolha a Alexandre que está sem partido desde 2013 e certamente não entrará para o PMDB, pois sabe que não teria espaço para tentar a reeleição. Quanto ao Ricardo ele foi ingênuo demais ao pensar que conseguiria se eleger deputado no PMDB e mais ainda ao acreditar que realmente teria chance de ser o candidato a prefeito de Magé pelo  partido", diz um cacique da legenda.
Se Alexandre tem pela frente a força eleitoral e a influencia de Reis no partido, Ricardo tem contra si o fato de já ter sido avisado de que o máximo que conseguiria no PMDB é ser candidato a vice-prefeito e os números: em 2014 ele teve apenas 11.593 votos em Magé, contra os 24.184 sufrágios conquistados por José Augusto Nalin. Diante de tanto empecilho, o melhor que Alexandre e Ricardo tem a fazer agora é buscar abrigo em outra legenda, o que, segundo fontes do elizeupires.com já estaria sendo negociado com o presidente estadual do PT, o prefeito de Maricá Washington Luiz Cardoso Siqueira, o Quaquá.
via: elizeupires

About Baixada na Rede

Hi there! I am Hung Duy and I am a true enthusiast in the areas of SEO and web design. In my personal life I spend time on photography, mountain climbing, snorkeling and dirt bike riding.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply

ATENÇÃO: Este comentário será moderado, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Baixada Na Rede. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser excluídos em 3 dias pelos nossos moderadores.