» » » » Duque de Caxias é primeira do Estado a criar Comitê Coração Azul

DUQUE DE CAXIAS - No intuito de colaborar com a luta contra o tráfico de pessoas e seu impacto na sociedade, Duque de Caxias aderiu à campanha Coração Azul, sendo a primeira Cidade do Estado do Rio de Janeiro a criar um comitê social em prol da causa. O objetivo é promover ações de conscientização e encorajar a participação popular no combate ao crime.


O lançamento do comitê azul aconteceu nesta segunda-feira, dia 13, em solenidade na Câmara Municipal, reunindo vereadores, secretários municipais, representantes do Estado, Polícia Civil, OAB Duque de Caxias e a sociedade civil organizada.

“É vergonhoso que pessoas ainda sejam exploradas e tratadas como escravas em pleno século 21. Espero mesmo que a gente consiga alguma mudança a partir das nossas discussões e ações. Esta Casa de Leis está sempre aberta para debater temas importantes como este”, disse o vereador Moa (PT), que presidiu a solenidade.

O secretário municipal de Cultura, Jesus Chediak, representou o Executivo e demonstrou apoio. “O prefeito Alexandre Cardoso tem postura socialista, servindo ao ser humano. O lançamento desse comitê é histórico e de resgate à vida.”

Atuando pelo Estado, o superintendente dos Direitos Humanos, Miguel Mesquita, afirmou que o tráfico de pessoas é uma dura realidade. “A gente monitora constantemente e é muito triste. Estamos buscando a integração das esferas públicas com a sociedade e Caxias está dando exemplo hoje, se propondo a colaborar.”

Presidente do Comitê Azul do Estado do Rio de Janeiro, Marília Guimarães explicou o papel da entidade. “Quando o governo brasileiro decidiu entrar na luta contra o tráfico de pessoas, o Coração Azul se aliou a essa iniciativa. O papel do governo é fiscalizar, apoiar e tentar recuperar as pessoas traficadas. Nosso papel é divulgar, orientar e conscientizar a comunidade sobre o que é o tráfico de pessoas e o porquê acontece. Só uma grande campanha pode potencializar essa luta.”

Entre os membros que irão compor o comitê azul municipal estão a coordenadora do MMU, Lenir de Souza; a coordenadora da Unegro, Conceição di Liçá; e a coordenadora do comitê Nil Santos, que declarou: “Ninguém faz nada sozinho. Todos os movimentos e todas as vitórias aconteceram a partir da união de pessoas. Criamos hoje uma rede de amigos para reforçar o combate ao tráfico de pessoas.”

About Baixada na Rede

Hi there! I am Hung Duy and I am a true enthusiast in the areas of SEO and web design. In my personal life I spend time on photography, mountain climbing, snorkeling and dirt bike riding.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply

ATENÇÃO: Este comentário será moderado, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Baixada Na Rede. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser excluídos em 3 dias pelos nossos moderadores.