» » » Museu em Duque de Caxias convida visitantes para desvendar mistérios sobre Júpiter

Museu da Ciência e Vida, em Caxias, promove Domingo Espacial, evento que pretende levar visitantes a uma viajem por Júpiter. Foto: Thiago Freitas / Extra
RIO - Roubaram o raio mestre de Júpiter. Os três suspeitos são os seus próprios filhos: Diana, Baco e Helio. Para solucionar o mistério, o deus romano enviou os primogênitos para o Museu Ciência e Vida, em Duque de Caxias, para que os humanos possam desvendar esse enigma e evitar uma catástrofe. Este é o cenário do “Domingo espacial” que acontece neste fim de semana, às 14h.
— É o nosso segundo evento. No primeiro, abordamos Marte. Agora, vamos falar sobre Júpiter, o maior planeta do sistema solar. Decidi misturar a história do planeta com a mitologia greco-romana. Nela, Júpiter era o deus dos raios, trovões e tempestades — explica, animada, a astrônoma do museu, Carolina de Assis, de 24 anos.
Os participantes serão divididos em quatro grupos, acompanhados das luas galileanas — representadas por mediadoras do museu. Nesta caminhada pelo espaço, buscarão pistas.
— Estas são as luas vistas pelo físico Galileu pela primeira vez: Europa, Calisto, Io e Ganimedes. São personagens greco-romanos — ensina a astrônoma.
Na imagem, Isa Santos, que interpretará Europa, uma das luas planeta.
Na imagem, Isa Santos, que interpretará Europa, uma das luas planeta. 
Foto: Thiago Freitas / Extra
Segundo Carolina, o evento é para todas as idades:
— No último tivemos um público misto. As pessoas vão conhecer o museu de um outro jeito. É um dia para unir família e amigos em uma aventura diferente.
A entrada é gratuita e os interessados devem chegar meia hora antes. A sessão termina no planetário.
Oficinas e sessões são gratuitas
O “Domingo espacial” é um evento trimestral. De acordo com a astrônoma Carolina, a ideia é falar dos oito planetas:
— O museu ia criar uma oficina, mas já oferecemos várias. Com isso, comecei a pensar em um evento. Sabemos que o planetário é o nosso grande apelo, mas há muito para explorar aqui.
O museu, que é um empreendimento da Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro, oferece oficinas, exposições, cineclubes e aulas de robótica.
— Somos o único planetário da Baixada — orgulha-se a técnica de divulgação científica Ana Amorim.
Messias, caracterizado como o astrônomo Galileu.
Messias, caracterizado como o astrônomo Galileu. 
Foto: Thiago Freitas / Extra
O Ciência e Vida fica na Rua Ailton da Costa, s/nº, Jardim Vinte e Cinco de Agosto. Funciona de terça a sábado, das 9h às 16h45m; domingo e feriado, das 13h às 17h.
As sessões no planetário acontecem aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 15h, sem marcação. Durante a semana, o agendamento é feito por telefone (2671-7797) para grupos de no mínimo 15 pessoas.
Via: Extra

About Baixada na Rede

Hi there! I am Hung Duy and I am a true enthusiast in the areas of SEO and web design. In my personal life I spend time on photography, mountain climbing, snorkeling and dirt bike riding.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply

ATENÇÃO: Este comentário será moderado, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Baixada Na Rede. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser excluídos em 3 dias pelos nossos moderadores.