» » » » » » Procon abre investigação contra Cedae por aumento de coliformes fecais na água


PROCON - O Procon Estadual abriu um processo de investigação contra a Companhia Estadual de Água e Esgoto (Cedae), para que preste esclarecimentos sobre o aumento de cerca de 50% na quantidade de coliformes fecais na água fornecida pela empresa, conforme foi noticiada pela imprensa.

De acordo com o órgão, a maior quantidade de coliformes fecais foi constatada após uma análise feita em amostras de água do sistema Guandu, o principal da Região Metropolitana. O aumento do índice dos coliformes fecais foi constatado pela imprensa nas próprias contas da Cedae enviadas aos consumidores, comparando os seis primeiros meses deste ano com o mesmo período de 2014.

No ato de abertura da investigação, na última quinta-feira (16), o Procon lembra que o fornecimento de água contaminada interfere diretamente na qualidade de vida dos usuários, uma vez que pode causar diversas doenças, como hepatite A, gastroenterite e diarreia.

A Cedae tem até a primeira semana de agosto para explicar a causa do aumento da quantidade de coliformes fecais. Além disso, o Procon Estadual também quer saber se esse aumento compromete os padrões de potabilidade da água estabelecidos pelo Ministério da Saúde, e quais providências estão sendo tomadas para resolver o problema. Caso o prazo para a apresentação dos esclarecimentos não seja cumprido, a empresa será autuada.

Via: Manchete Online

About Baixada na Rede

Hi there! I am Hung Duy and I am a true enthusiast in the areas of SEO and web design. In my personal life I spend time on photography, mountain climbing, snorkeling and dirt bike riding.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply

ATENÇÃO: Este comentário será moderado, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Baixada Na Rede. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser excluídos em 3 dias pelos nossos moderadores.